Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

AVISO

Devido à manifesta falta de gente interessada em análises de geopolítica, política e outros temas aqui tratados, este blog vai parar por uns tempos, pelo menos. Talvez volte um dia.

Por agora, dedicar-me-ei à publicação de artigos exclusivamente em inglês, no novo site que estou a preparar e que estará pronto dentro de alguns dias: Nomadic Thoughts. Obrigado a todos aqueles que seguiram o blog e que ajudaram a passar a palavra. :)

O trio do terrorismo internacional (2/2), por Luís Garcia

 capa

 

Luís Garcia POLITICA SOCIEDADE  

 

AVISO

 

Parte 2/2

 

Esta 2ª parte contém imenso material para ruminar, para quem tiver o cérebro no lugar, descontaminado, e não andar metido em blue pills

 

Por que raio haveria Assad de fazer tal ataque químico:

 

 

Coisa que escapou à putaria jornalística tuga: Em consequência dos falsos ataques químicos:

 

Armas químicas, reais, de fabrico alemão, encontradas em Guta, usadas pelos coitadinhos dos "rebeldes" terroristas? Epá isso não, que morreu Salazar mas a PIDE continua:

 

 

E se forem armas químicas inglesas, em Guta? Será que passa no filtro? Pois claro que não:

 

 

E a evacuação de terroristas e suas famílias para fora de Guta? Uí, nem pensar! Estragava-se logo o guião!

 

E imagens em vídeo da libertação dos primeiros civis vítimas dos "rebeldes" terroristas de Douma (Guta):

 

 

E um norte-americano que deu tanta barraca juntando-se à choradeira pós-eleitoral anti-Trump mas que, ainda assim, consegue perceber por que razão está estória de armas químicas não tem pés nem cabeça:

 

 

E se essas putas jornalísticas tugas fizessem de facto jornalismo, como faz a RT:

 

Foda-se, até o nosso querido Tucker Carlson, hehehe, da FoxNews, já não engole esta estória patética de armas químicas de Assad:

 

 

 

 

 

E um ex-militar dos EUA dizendo verdades fodidas que ninguém quer ouvir? Não?

 

 

 Aprendam com Anissa Naouai suas alforrecas terroristas da RTP e companhia:

 

 

E com George Galloway:

 

 

E aprendam o que é discurso lógico e pensamento racional. Peçam ajuda a estes jornalistas russos:

 

E expliquem-me alforrecas jornalísticas tugas, que parte é que ainda não perceberam da estupidamente óbvia verdade: não só as FSA são um conjunto de organizações terroristas, como já foram apanhados, vezes sem contas, encenando falsos ataques químicos! O problema é que esta cambada de alforrecas e zombies e merda falante que se diz "jornalista" em Portugal não faz a puta ideia do que se passa na Síria porque não quer. Porque não investigam, não lêem, não analisam, não fazem um caralho. Se fizessem, encontrariam isto:

 

 

E encontrariam o trabalho de Vanessa Beeley que se encontra neste momento em Guta e que desmonta com provas toda esta palhaçada de armas químicas, assim como denúncia todo o propositado silêncio das putas jornalísticas ocidentais acerca das reais armas química dos "rebeldes" terroristas apoiados por putices humanitárias como a Amnistia Internacional!

 

E se deixassem as drogas e as blue pills, teriam de beijar os pés a Lee Camp por fazer o que 1 milhão de putas jornalísticas ocidentais juntas não conseguem nem querem fazer:

 

 

 

 

Ou a Peter Lavelle que, mesmo sendo conservador de direita, é honesto e coerente o suficiente para pedir e querer procurar e expor a verdade sobre o que quer que seja:

 

 

Ou como o destemido Andre Vltchek que se queixa com toda a razão da "arrogância da ignorância" dos meios de comunicação corporativos ocidentais:

 

Se as putas jornalísticas dos media mainstream não vendessem o cu de manhã à noite, poderiam fazer o mesmo que estes honestos jornalistas norte-americanos:

 

 

E poderiam analisar o que disse o senhor James Norman Mattis, Secretário da Defesa dos EUA: "Não há provas sobre um ataque químico sírio, mas eu acredito que houve um...". Isto dito pelo mesmo senhor que assegurou que até hoje o governo dos EUA não obteve provas nenhumas sobre a outra farsa de ataque químico de Khan Shaykhun (4 de Abril de 2017). Pois, como sempre. Não houve, não têm provas, mas não deixaram de bombardear a Síria 2 dias depois (6 de Abril de 2017) de forma absolutamente ilegal e criminosa!

 

 

E poderiam utilizar o cérebro (se tivessem um) para comparar as mentiras de armas de destruição massiva que Saddam NÃO tinha, com o ataque químico que NÃO aconteceu em Guta. Mas nada. E na falta de jornalistas fazendo jornalismo, sobra-nos pessoas sérias como o senhor Sacha Llorenti, embaixador da Bolívia na ONU:

 

 

 

Pelo menos na altura vimos protestos de milhões em Londres, Paris, Washington e por esse mundo fora, contra a invasão do Iraque baseada em mentiras. Hoje, quase ninguém faz caso e, os poucos que fazem, têm a lata de fazer protestos anti-Assad ou pró-FSA ou pró-invasão ocidental da Síria. E fazem-no nessas mesmas cidades de Londres e Paris e o raio que os parta!

 

E, voltando às alforrecas jornalísticas, poderiam transmitir os festejos de civis de Damasco celebrando o fim do terror nos subúrbios (Guta) da sua capital. Só que não apetece, e não encaixa na mentirosa e orwelliana narrativa oficial:

 

E poderiam relembrar os consumidores de "jornalismo" de que a credibilidade das suas "fontes de informação" (terroristas) é, há muito tempo, igual a ZERO:

 

 

E poderiam noticiar a captura de mercenários ingleses aquando da reconquista de Douma, ao mesmo tempo que se inventava essa treta de ataque químico de Douma:

 

 

Enfim, o melhor seria, caras alforrecas jornalísticas tugas, removerem os blocos de cimento que têm no interior dos vossos crânios, e substitui-los por cérebros. Poderia ser que por fim pudessem fazer um pouquinho de jornalismo de verdade... Assim, uns 0,5% do que faz Gazdiev, já não era nada mau para a patética realidade jornalística tuga:

 

 

Poderia ser que então, quem sabe, noticiassem o facto de que esses ilegais e criminosos ataques aéreos do RU, dos EUA e da França tenham atingido o aeroporto internacional de Damasco e centros de investigação que nada têm a ver com o assunto:

 

 

Bom, os terroristas governantes desses 3 estados dizem o contrário, que não se tratavam de centros de investigação mas sim depósitos de armas químicas (que a Síria não tem desde 2014)! Ah, bom, depósitos de armas químicas em zonas urbanas em torno de Damasco onde vivem 8 milhões de pessoas! Excelente ideia! Felizmente, esses cães do Trump e do Macron e a cadela da Theresa May mentem com todos os dentes que têm, caso contrário agora haveríamos de ter muitos milhares de civis de Damasco asfixiando com os supostos químicos libertados com esses trogloditas bombardeamentos! Porque não, não se bombardeia depósitos de armas químicas, nem num deserto, muito menos numa zona urbana habitada por milhões! E a malta que engole está palhaçada toda, acha mesmo que merece o ar que respira? Puta que pariu de ovelhada lobotimizada...

 

Essas alforrecas jornalísticas, se tivessem cérebro e escrúpulos, teriam de noticiar os testemunhos de médicos sírios de Douma que garantem não ter recebido nenhuma vítima de ataques químicos:

 

 

E deveriam ter passado em horário nobre o discurso do General Wesley Clark das forças armadas norte-americonas, quer na altura (2007), quer agora, e comparar a sua "premonição" baseada em documentos oficiais do Pentágono sobre a invasão de 7 países do Médio Oriente (incluindo Líbia e Síria) com a realidade real que encaixa quase na perfeição com essa "premonição"!

 

 

E, em vez de noticiarem mentiras sobre ataques químicos que NÃO aconteceram contra "rebeldes" que não o são, poderiam ter noticiado milhares de grotescos crimes desses "rebeldes" terroristas que aconteceram de facto, como o massacre de mais de 100 crianças que saiam de Foua e Kafraia rumo a Aleppo libertada:

 

 

E poderiam republicar e dar a conhecer o trabalho de verdadeiro e honesto jornalismo que Eva Bartlett produz, inclusive sobre esta treta de ataque químico que não aconteceu em Douma:

 

E se noticiassem a por demais escandalosa recém descoberta realizada nessa mesma Douma? Querem ver o que é? Eis:

 

 

 

Viu bem caro leitor, a imponência desta obra de engenharia por debaixo de Douma, supostamente criada por uns barbudos fundamentalistas carregados de drogas nas veias!?! Túneis deste tamanho, com esta qualidade? Anda há dias as SAA haviam encontrado também uma daquelas máquinas gigantes usadas para escavar túneis. Há poucas do género neste planeta. Poucas empresas têm. São bicharocos gigantes que não se transporta nem no bolso nem de helicóptero. E não é um troglodita qualquer que conseguir pôr uma máquina destas a funcionar! E mesmo a infra-estrutura em cimento criada no túnel escavado por uma dessas máquinas. Quem projectou esta obra de engenharia? Que engenheiros trabalharam nela? De onde vieram? Por onde passaram? Quem pagou tudo isto, uns trogloditas "rebeldes" terroristas? Mas alguém engolia um disparate desses? Claro que não, por isso a PIDE dos dias de hoje não deixa passar estar imagens e estes vídeos na TV, ora essa! Nem falar da companhia Lafarge, a mega corporação francesa de cimento que construiu boa parte das infra-estruturas do Estado Islâmico na Síria, e que não me admirava nada que daqui a uns tempos venhamos a descobrir que esteja também por detrás da construção destes túneis! Sim, a realidade supera a ficção, pena que só passe ficção e não realidade nas nossas prostituídas e vendidas TV's!

 

Pois sim, só ficção, mas não estou a falar de filmes e séries gringas. Não, estou a falar dos jornais da uma, dos jornais da noite e dos restantes programas de "informação" que, quando o assunto é Síria, ora citam a organização terrorista White Helmets, ora citam o trafulha que, sozinho, em Conventry (RU), é apresentado com o pomposo nome de "Observatório Sírio dos Direitos Humanos" (OSDH).

 

E mesmo esse (OSDH) agora diz que não houve ataque químico em Douma. Que chatice. A RTP passa a vida a citar esta trafulhice do (OSDH) e, desta vez, quando excepcionalmente diz a verdade, a RTP não o cita! Hehehehehe, "e o burro são eu?"  Que cambada de conscientes mafiosos aldrabões esses não-jornalistas da RTP!

 

Enfim, morte ao não-jornalismo tuga e companhia!

 

Enquanto não morrem e continuam mentindo sobre a Síria, a verdade continua acontecendo, pois a verdade é realidade, a realidade real. E na realidade real, as forças sírias, com a ajuda dos seus aliados, continuam limpando os últimos resquícios de "rebeldes" terroristas das FSA e terroristas do ISIS em território sírio. Um dia depois dos criminosos ataques do trio terrorista, a Síria recomeçou as manobras e avanços militares no sul de Damasco (Campos de Yarmuk) e na região de Homs. 

 

yarmouk.jpg

  

homs.jpg

 

Viva a Síria!

Luís Garcia, 17.04.2018, La Quinta, Tenerife, Espanha

 

 

 

 

 

Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas