Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

A RTP e Carlos Santos Neves vivem numa orwelliana realidade paralela, por Luís Garcia

21.01.19 | Pensamentos Nómadas

 

Desespero Mediático 28

 

A RTP e Carlos Santos Neves vivem numa orwelliana realidade paralela

 

Luís Garcia  POLITICA  

 

(...) o brigadeiro-general da Força Aérea iraniana Aziz Nasirzadeh veio entretanto clamar que o país está “totalmente preparado e impaciente para confrontar o regime sionista e eliminá-lo da Terra”." (RTP)

 

Que vergonha de manipulação mal-intencionada! O brigadeiro-general da Força Aérea iraniana Aziz Nasirzadeh não disse isso.

 

Vai lá de novo ler o que ele disse: "We're ready for war that will destroy Israel" (Estamos prontos para uma guerra que destruirá Israel). Só não entende quem não quer: isto é uma reacção e não uma acção! E que general iraniano (e eu, e muitos outros) acham que essa guerra, a acontecer, destruirá por completo o minúsculo estado de Israel. Não é uma ameaça de aniquilação de Israel, não. É um aviso para que Israel pare de matar e atacar indiscriminadamente palestinianos, libaneses, sírios e iranianos porque, no dia em que o pacífico Irão responder de uma vez por todas a todas as criminosas agressões israelitas ao Irão e aliados, efectivamente, Israel desaparecerá do mapa!


O Irão já viu dezenas de iranianos serem mortos por ilegais e criminosos ataques aéreos de Israel a bases militares sírias e iranianas nos últimos 12 meses. O Irão nunca respondeu, embora a lei internacional estipulada pela ONU lhe forneça o direito de ripostar em legítima defesa.


E portanto sim, o Irão já deveria estar pronto há muito para atacar e destruir esse estado criminoso chamado Israel.


E é vergonhoso e um acto profundamente anti-jornalístico aquilo que Carlos Santos Neves fez, adicionar a palavra "impaciente" para transformar a mensagem e fazer o general iraniano soar como um tresloucado espumando-se de raiva e sedento de sangue, com uma vontade irracional de destruir Israel, quando o preciso contrário é verdade.

 

Foi Israel quem atacou uma vez mais. A segunda no espaço de uma semana. E se fosse ao contrário? E se o Irão ou a Síria bombardeassem de forma contínua Israel, matando soldados e civis israelitas, e destruindo aeroportos, complexos industriais e bases militares israelitas?

 

Quão longe pode ainda ir o vosso fundamentalismo pró-terrorismo israelita e ocidental aí nesse estado vassalo dos EUA chamado de Portugal?

 

Quão longe pode ir ainda a arrogância imperial ocidental?

*

E os EUA, ainda ontem mataram mais umas dezenas de civis sírios na província de Der-ez-Zor. Ainda faltam 10 dias para acabar o mês e os EUA já realizaram mais de 1000 ataques aéreos na Síria, de acordo com o próprio Pentágono. Nada sobre o tema Carlos Santos Neves?

*

Mas voltemos ao estado terrorista de Israel que Carlos Santos Neves parece idolatrar de forma incondicional.

 

Não só o Irão não está ameaçando activamente Israel (apenas ameaçando responder aos crimes israelitas que vão passando impunes), como Israel sim está activamente ameaçando fazer mais do mesmo. Ontem, depois dos ataques, o ministério da defesa israelita informou que os seus (criminosos e ilegais) ataques não vão parar e, pior, ameaçou atacar o próprio Irão se os iranianos não saírem da Síria (que absurda e ilegítima exigência) ou se ripostarem aos criminosos e ilegais ataques israelitas contra iranianos em solo sírio!!! Que criminosa lata! Que terrorista prepotência!

 

É preciso dizer mais caro "jornalista" Carlos Santos Neves?

*

Que espantosa guerra "civil" síria dos constantes ataques aéreos do terrorista estado de Israel contra a Síria.


E ninguém na RTP ou em Portugal parece chocado.


Enquanto a Síria com a ajuda do Ezbolá, Rússia e Irão limpam o terrorismo lá metido pelos estados do Golfo, Europa e EUA, Israel vai bombardeando sírios e iranianos, em total impunidade.

 

 

Como se houvesse uma lei especial só para Israel! 


Como se não fosse uma violação do direito internacional bombardear a Síria. 


Como se Israel tivesse o direito de matar sírios e iranianos na Síria.


Como se o estado soberano sírio não tivesse o direito de convidar tropas iranianas ou russas para estarem presentes na Síria.


Como se bases militares iranianas oficialmente convidadas pelo estado soberano sírio não fosse  algo de legal de acordo com o direito internacional.


Como se os EUA não tivessem mais de 800 bases em 144 países.


Ah não, os EUA podem ter em todo o lado, Portugal inclusive, e usá-las para desencadear dezenas de ilegais guerras de extermínio e pilhagem.


Os EUA tem mais de 15 bases ILEGAIS em território que roubaram e ocuparam à Síria. E querem me vir dizer que é aceitável que o estado terrorista de Israel bombardeie bases iranianas na Síria que lá estão de acordo com os princípios estabelecidos na ONU (convite do governo local ou mandato do Conselho de Segurança da ONU)?

 

Mas o tuginha não vê nada, não percebe nada. Tá todo minado de mantras imperialistas ocidentais e respectivo chauvinismo e complexo de superioridade face aos povos não europeus/gringos deste mundo... 


Mééééééé...

 

Luís Garcia, 21.01.2019, Sattahip, Tailândia

 

 

 

Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas