Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 7, por Luís Garcia

 

 

Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 7

  

Luís Garcia  POLITICA    

 

Há uns dias atrás disse a um amigo sírio que os mais recentes desenvolvimentos na Síria relacionados com a traição curda e com a força aérea dos EUA protegendo o ISIS ao bombardear forças sírias que combatem o ISIS a caminho de Raqqa empurram a Rússia e o mundo inteiro para um impasse de terrível resolução. Ou aceita-se a vontade gringa de roubar um terço do território da Síria onde criará o NATO-Curdistão que tanto deseja, ou teremos um conflito a global. Perguntei-lhe que cenário preferiria. Meio a sério, meio a brincar, e com o desespero de um sírio que assiste durante 6 anos ao barbarismo gringo que passa em completa impunidade, respondeu-me: "prefiro a segunda opção"...

 

RTP, o meu ódio de estimação :p

Há uns dias o meu ódio de estimação RTP, esse órgão de propaganda, mentira e estupidificação, para não variar, publicou uma grandessíssima nulidade que não me passou despercebida! Com tanta assunto de suma importância a analisar ou pelo menos INFORMAR, não, nem pensar. Só conseguem produzir merda!

 

EUA bombardeando e matando soldados sírios combatendo o ISIS, caça sírio abatido pelos EUA enquanto aquele bombardeava posições do ISIS, Israel atacando a Síria já depois do fim do acordo de partilha de informação sobre o espaço aéreo sírio que havia entre EUA e Rússia, Israel matando dezenas de soldados sírios que combatem a al-Qaeda em território sírio, EUA trazendo mais navios de guerra e ameaçando atacar a síria, EUA invadindo a Síria com misseis HIMARS em al-Tanf, EUA e curdos chacinando sírios árabes de Raqqa com armas químicas (fósforo branco), EUA adivinhando que "al-Assad irá em breve usar armas químicas", etc, e a merdosa RTP fala-nos... dos jogos sem fronteiras de snippers! Puta que pariu para a idiotice que não parece ter limites neste país!

 

Um aparte tragicómico para animar a malta, antes de passarmos a coisas sérias! Aos leitores de outros países e aos portugueses que nunca leram artigos meus, quero lembrar que a RTP é um canal público português, pago com os impostos dos portugueses, para estupidificar portugueses, e é por isso que passo o tempo a atacá-los! Porque médias privados mentido e emitindo a mesma propaganda imperialista de merda, uiii, esses são às dezenas por estas terras, pois claro! Sei-o bem!

 

Voltando à trafulhice RTPiana que me despertou a atenção, há uns dias encontrei isto no site rtp.pt:

 

Leia o artigo, caro leitor, se estiver com vontade de rir de desespero mediático, chorar de desespero mediático ou, simplesmente, vomitar! Esteja à vontade! Não, a sério, leu bem esta divagação parva! Informar que os EUA mataram 500 civis sírios nos últimos 30 dias tá quieto! Informar que os EUA abateram no dia 18 um caça sírio SU-22 que combatia o ISIS tá quieto! Informar que os EUA atacam civis árabes de Raqqa com armas químicas ilegais tá quieto! Etc. Ahhh, "bora lá mazé é inventar e falar de jogos sem fronteiras de snippers, esquecendo, de forma bem conveniente, que o snipper canadiano se encontra tão ilegalmente presente no Iraque como o membro do ISIS que supostamente terá abatido! Detalhes para nerds, pois! Mas em que porra de matrix vivem estes pseudo-jornalistas!?! Irra!

 

O silêncio sobre as Filipinas e sobre o Iémene

Já lá vão em muitas dezenas os soldados filipinos mortos na tentativa de recuperar a cidade de Marawi conquistada pelo ISIS e, claro, na TV-tuga-chauvinista nada, rigorosamente nada! Para não falar dos mais de 100 civis mortos pelo ISIS! Desses também nada, rigorosamente nada! E os louváveis esforços de civis muçulmanos que escondem civis católicos em suas casas, arriscando as suas próprias vidas, na tentativa altruísta de salvar vidas humanas? Irra, também não é noticiável aqui neste baldio de supostos católicos? E a conquista de mais duas zonas pelo ISIS na mesma ilha (Mindanao) onde se encontra a cidade de Marawi? Também não interessa? 

 

Enfim, sabe o que lhe digo, Portugal é terra de chauvinistas-racistas-xenófobos-nazis que se crêem "gentes de bons costumes"! Ponto!

 

Ainda assim, em género de defesa da RTP, tenho de admitir que é verdade que não podem falar muito sobre estes temas, pois claro que não! Portugal é um submisso "bom aluno" estado vassalo dos EUA e, a RTP, sendo um canal público financiado com dinheiro de impostos dos portugueses, tem de se portar bem, que é como quem diz, calar-se bem caladinha perante horríveis verdades e, no sentido contrário, regurgitar todas as escandalosas mentiras da imperialista propaganda de guerra norte-americona! É verdade, sim! Por isso mesmo, se as Filipinas estão a ser castigadas pelos EUA com o seu instrumento de castigo (ISIS) por se ter aproximado diplomaticamente da China, por comprar armas à China, por deixar forças militares chinesas entrar nas Filipinas, por se recusar a participar no norte-americona bullying à China em torno da questão das Ilhas Spratly e das Ilhas Paracel, Portugal, enquanto vassalo "bom aluno" submisso e terra onde governantes apelam a parvo-estupidificantes "consensos", claro, fica com os seus prostituídos médias todos bem caladinhos! Méééééé!

 

 

O mesmo se aplica ao caso do Iémene. Em poucas palavras, depois de 4 anos de guerra civil os iemenitas viram-se livre do seu ditador apoiado pelos EUA e Arábia Saudita. Desde que ocorreu essa revolução, em 2015, a Arábia Saudita, o Reino Unido, os EUA e os seus vassalinhos do Golfo cometem uma horrível e ilegal agressão ao Iémene! Consequências? Um país devastado, dezenas de milhares de mortos em consequência da criminosa invasão de norte-americonas e companhia, outros tantos mortos devido a doenças do outro século, à sede e à fome. E a RTP e companhia, andam distraídos? Como? Porquê? Ainda hoje na SIC passava em rodapé, sim, apenas em rodapé, uma notícia sobre 1500 iemenitas sofrendo de cólera? Ah sim, e porque será? Será da estupidez mental iemenita ou da agressão dos nossos queridos e amados EUA e Reino Unido! Irra! 

 

Coreia do Norte

 

Provavelmente o melhor debate de sempre sobre a novela (des)informativa em torno da falsa ameaça norte-coreana:

CrossTalk: North Korea Saga

 

Ahhh, que filme! Não me sai da cabeça a conversa surda que tive há semanas com um conterrâneo meu sobre a Coreia do Norte. O pobre rapaz mostrava-se super-hiper-mega indignado com as palavras proferidas pelo presidente da Coreia do Norte uns dias antes. O rapaz dizia-me que achava que Kim Jong-un não tinha direito nenhum de falar assim de forma tão arrogante na TV! "Os grandes sim, como EUA, têm o direito de falar assim", dizia-me ele, "agora o gajo da Coreia do Norte não tem direito a fazer isso porque é pequeno", insistia! Ora puta que pariu de lógica, hein? Bom, pelo menos prova a eficácia da propaganda imperialista por estas terras de gente serena, pacata e parada do cérebro!

 

Falei-lhe de bluff, de chantagem, tentando fazê-lo compreender que Kim Jong-un fazia-se mais forte do que de facto é de forma a intimidar quem promete o atacar. E se o faz é precisamente por não querer guerra, por não querer ser agredido pelos EUA. Ahhh, nada, tiro ao lado! Falei do direito que tem o presidente de qualquer país de dizer aquilo que achar melhor perante claras e directas ameaças (ilegais) de agressão norte-americona! Nada. Falei do facto óbvio, hehe, de que Kim Jong-un não discursou para a RTP mas sim para a TV estatal norte-coreana e que, portanto, ele não tinha nada que se queixar de Kim Jong-un mas sim do director de informação da RTP que autorizou passar o tão traumatizante discurso. Nada! Disse-lhe que era preciso ter um tremendo descaramento para exigir que o presidente da Coreia do Norte, em consequência do seu raciocínio (dele o conterrâneo), se privasse do direito de discursar perante as câmaras da televisão estatal norte-coreana. Nada. Disse, de forma mais provocadora, que, assim sendo, se o factor de selecção para o direito a dizer o que bem apetecer é o tamanho ou potência do país em questão, então, foda-se, que nunca mais o oiça falar outra vez mal da Rússia ou de Putin! Não percebeu a relação. E nada, nada, a conversa surda acabou com o rapaz repetindo pela enésima vez "o presidente da coreia não tem o direito de falar assim na televisão". Hehehehe.

 

Enfim, deixemos tugas lobotimizados até às pontas dos nervos dos dedos dos pés e analisemos a falsa questão da ameaça norte-coreana. Como diz e muito bem Putin, não se passa nada de novo. Continuando com a posição de Putin, com a qual concordo plenamente, tal como os sistemas de mísseis THAAD norte-americonas instalados na Roménia e República Checa para supostamente proteger a Europa da (inexistente) "ameaça nuclear iraniana", o verdadeiro alvo da ingerência norte-americona na Coreia do Norte é a Rússia. Sim, a Rússia mais a China, pois o THAAD não distingue nacionalidades, hehehe! Sim, os EUA precisaram de fazer uma tempestade num copo de água sobre mísseis de merda norte-coreanos que nunca funcionam e que mesmo que funcionasseem são disparados em testes absolutamente normais e banais neste mundo, para, claro, reagir instalando o sistema THAAD também na Coreia do Sul, ali mesmo ao lado da China e da Rússia! De tal maneira é verdade o que acabei de dizer que, na Coreia do Sul, saíram à rua dezenas de milhares de sul-coreanos protestando não contra a Coreia do Norte, mas sim contra a decisão dos EUA de instalar o tal sistema no seu país! E ainda por cima os EUA nem sequer pediram autorização ao governo sul-coreano para o fazer! Hehehe, mas há melhor exemplo que este de um estado vassalo dos EUA! E a sério, testes de mísseis norte-coreanos de tempos a tempos? E quê, qual é o espanto? Então os EUA não o fazem todos os dias? Então a França e Reino Unido não o fazem pelo menos todos os meses? Então estes 3 não usam mísseis em ilegais conflitos de verdade? Então e os EUA nessa semana não testou dois mísseis intercontinentais com 11.000km de alcance? Ahhh, puta de idiotice! Puta de cegueira,! Puta de ignorância, como a do meu conterrâneo que chegou a dizer "ahhh, porque é que a Coreia do Norte faz tantos testes de mísseis e a França e a Inglaterra que são mais poderosos nunca fazem testes de mísseis? Ahahahahahahhah, o que eu me caguei a rir com tão tresloucada afirmação! Rir de tristeza, de desespero, de desespero mediático, claro está!

 

Para os interessados, Putin fala desta e de outras importantes questões relacionadas com o balanço militar geostratégico na 4ª parte das entrevistas que concedeu a Oliver Stone. Eis a hiperligação para o vídeo: The Putin Interviews 4.

 

Ainda para os interessados, leiam este livro: Quem Governa o Mundo?, de Noam Chomsky. Num dos capítulos o autor desmente, baseado numa lista de factos comprovados, o quão absurda é a mentira da "agressiva e perigosa Coreia do Norte". O preciso contrário é verdade, e não estou a fazer de forma alguma uma apologia do sistema político desse país, ora essa! Não! As provas irrefutáveis de que a Coreia do Norte não é o estado perigoso que nos vendem na TV começam pelo simples facto de que este NUNCA invadiu nem NUNCA atacou país algum. Mas não é por aí que vai a retórica de Noam Chomsky. Noam Chomsky foca-se em vários eventos de diplomacia (ou falta dela) envolvendo os EUA e a Coreia do Norte. A cada vez que os 2 países chegaram a acordos diplomáticos envolvendo a redução da produção militar norte-coreana em troca de ajuda alimentar, ajuda tecnológica e/ou promessas norte-americanas de deixar de lhes fazer bullying, a Coreia do Norte efectivamente reduziu e inclusive congelou programas militares. Sempre que os EUA, de forma unilateral rompeu com esses acordos e voltou a ameaçar ilegal e militarmente a Coreia do Norte, esta voltou a reactivar e/ou aumentar os seus programas militares. Tão simples! E mais, pelo menos para mim, há uma fundamental diferença entre acção e reacção. Se critico Israel por agir ocupando e escravizando palestinianos, também critico os EUA por agir da forma que descrevi e que Noam Chomsky tão minuciosamente analisa! As reacções da Coreia do Norte ou da Palestina são isso mesmo, reacções!

 

Portanto, e para acabar por hoje, a Coreia do Norte não apresenta absolutamente nenhuma ameaça à paz mundial. Em contrapartida, o desbalanço de poder nuclear entre os EUA de um lado e a Rússia/China do outro poderá nos conduzir ao tal extermínio nuclear visto que, esse possível desbalanço, colocará os EUA na posição de atacar a Rússia com armas nucleares sabendo (talvez) que grande parte das ogivas nucleares russas não chegarão a atingir solo norte-americona. É o regresso à tal teoria tresloucada de alguns militares norte-americonas dos anos 60, que achavam ser melhor obliterar por completo a URSS com bombas nucleares enquanto os EUA ainda tivessem a supremacia nuclear, mesmo sabendo que por certo dezenas de milhões de cidadãos norte-americanos morreriam em consequência dessa acção, do que deixar a URSS alcançá-los e conduzir os dois pólos a um pacífico balanço nuclear. A primeira posição foi levada ao cinema nesse grande filme Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb, para não dizerem que falo sempre mal dos filmes de Hollywood, ahaha! A segunda, a da necessidade de um balanço nuclear como garantia de paz neste planeta, é a que defende incessantemente Putin. Sim, o mauzão do Putin, hehe! 

 

 

Luís Garcia, 01.07.2017, Ribamar, Portugal

 

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 1 

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 2

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 3

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 4

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 5

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 6

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 8

leia mais artigos sobre a Síria aqui

 

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas