Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 3, por Luís Garcia

 

 

Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 3

 

Luís Garcia  POLITICA    

 

Há uns dias atrás disse a um amigo sírio que os mais recentes desenvolvimentos na Síria relacionados com a traição curda e com a força aérea dos EUA protegendo o ISIS ao bombardear forças sírias que combatem o ISIS a caminho de Raqqa empurram a Rússia e o mundo inteiro para um impasse de terrível resolução. Ou aceita-se a vontade gringa de roubar um terço do território da Síria onde criará o NATO-Curdistão que tanto deseja, ou teremos um conflito global. Perguntei-lhe que cenário preferiria. Meio a sério, meio a brincar, e com o desespero de um sírio que assiste durante 6 anos ao barbarismo gringo que passa em completa impunidade, respondeu-me: "prefiro a segunda opção"...

 

O ilegal e terrorista estado de Israel

Já tudo foi dito neste blog sobre o tema, recebem terroristas nos seus hospitais, realizam atacam aéreos contra a Síria em sincronia com "rebeldes" terroristas, al-Qaeda e ISIS, e por ai fora. mas, aí está, devido à total impunidade, nos nossos meios de comunicação, nem se fala do que se tem passado estes últimos 2 dias, porque será? Não ouviu nada sobre o assunto nos médias/mídias nacionais caro leitor? Ora pois claro que não! Israel atacou forças sírias, sim, irra, forças sírias na Síria, e a Síria reagiu atacando os ilegais ocupantes israelitas nos ocupados montes Golá? E ninguém, por estas chauvinistas e obscurantistas terras ocidentais fala de nada! Porque será? Ahhhhh, noutro contexto estariam aí todos a estremecer-se de ataques epilépticos parvos e vomitanços pseudo-jornalísticos, relatando parcial e prostituidamente a "agressão" síria a Israel! Mas assim ficam calados, não é? Porque depois se cagariam todos perante a impossibilidade de explicar os ilegais e criminosos ataques israelitas! Porque para começar, nunca noticiaram nem noticiarão que o raio dos montes Golã sírios ocupados por Israel eram até há pouco monitorados por uma equipa da ONU, os quais fugiram com medo dos terroristas da al-Qaeda que Israel lá instalou, não é? Cambada de prostituídos os nossos jornalistas! E como arranjar desculpa para mais este criminoso ataque israelita uma semana depois dos EUA terem abatido um caça sírio S-22 enquanto combatia mercenários do ISIS, que teve como consequência a saída unilateral russa do acordo russo-americano de partilha de informação sobre os céus sírios, a qual por sua vez teve como consequência o necessário fim de voos dos EUA e aliados por aqueles céus, de modo a evitar o tal extermínio nuclear? Não dá, pois não zombies-jornalistas-prostituídos? Não dá, pois não? Primeiro porque nem sequer passou nas nossas estupidificantes TV's a notícia do criminoso acto norte-americona, andam demasiado entretidos com futebol e choradeiras. E depois, mesmo que tivessem passado a vital notícia, como explicar mais estes ataques israelitas que, devido à decisão russa que acabei de mencionar, empurram à bruta este mundo para o extermínio nuclear? Não dá caros jornalistas prostituídos, cegos, surdos e brutos, não dá. Por isso calam-se! Felizmente, o racionalismo pacifista de Assad Putin, os mesmos sobre os quais vocês tanta mentira parva e tanta acusação falsa cometem, o racionalismo pacifista desses, dizia eu, leva-os à contenção pragmática que nos salva a todos do extermínio nuclear! A síria reagiu, com todo o direito, mas apenas contra israelitas ocupantes dos monte Golã sírios! Atacar território Israelita, apesar da legitimidade para o fazer, condenar-nos-ia a todos. Mas enfim, até cansa, cansa-me falar de Israel, Israel encontra-se numa alucinante realidade paralela de "povo escolhido" para espezinhar, matar, roubar, destruir, massacrar, envenenar, esventrar, balear, vilipendiar, enganar, humilhar, sabotar, bombardear, prender, e tudo mais, na mais completa impunidade

 

Por isso mesmo, por me cansar, abstenho-me de analisar certas badalhoquices criminosas de Israel, até porque bons artigos sobre esses badalhocos temas é coisa que não falta. Por exemplo, sobre a ligação Israel-ISIS ainda há pouco saiu este interessante artigo:

 

Sobre o recorrente acolhimento de terroristas da al-Qaeda e do ISIS, feridos na Síria, em hospitais israelitas, leia este artigo de ontem, precisamente sobre os últimos eventos junto aos montes Golã (porque senão há muitíssimo mais para ler sobre o tema):

 

Ou, na categoria de tragicomédia, leiam este discurso de um filho da puta de rabi das forças armadas terroristas de Israel que defende que violar mulheres civis do povo ilegalmente ocupado (palestinianos) é bom e recomenda-se! Não há vergonha! Nem por parte dos criminosos invasores israelitas, nem por parte dos nossos médias/mídias que continuam, de forma "incondicional", bajulando Israel, esse "democratíssimo" estado onde existem leis diferentes para cidadãos israelitas judeus e para cidadãos israelitas árabes, por exemplo!

 

Mas voltemos aos ataques israelitas dos últimos 3 dias, e só para concluir este ponto, o único de que falarei sobre Israel neste conjunto de artigos. Israel, nestes últimos 3 dias, atacou as legítimas forças armadas sírias que combatem legitimamente a al-Qaeda no sudoeste do país, perto dos montes Golã. Desses ataques israelitas ilegais, ilegítimos, criminosos, resultou a morte de soldados sírios e a destruição de equipamento militar sírio! Foda-se! Como se não tivessem já morrido 100.000 soldados sírios combatendo tudo e mais alguma coisa nesta guerra de agressão, sim, de agressão, e não civil! Foda-se, como se a Síria nadasse em dinheiro para comprar mais equipamento militar (caro, caríssimo) depois de desgastantes e exaustivos 6 anos de guerra de agressão ocidental! Irra!

 

A Israel não lhes chega ter roubado impunemente os montes Golã à Síria! A Israel não lhes chega ter criminosamente substituído (à força) a equipa da ONU nos montes Golã por terroristas da al-Qaeda! Não! E sim, essa mesma norte-americona al-Qaeda criada para destruir o estado moderno comunista do Afeganistão nos anos 70 e 80 e para "atolar a URSS no seu próprio Vietname", palavras do próprio demónio em pessoa chamado Henry Kissinger! Até tinham o seu "herói revolucionário", o senhor Bin Laden:

 

Independent-1993.jpeg

 

Sim, essa mesma al-Qaeda que supostamente teria mandado abaixo as Torres Gémeas de Nova Iorque no dia 11 de Setembro de 2001, precisamente 28 anos depois de Salvador Allende (presidente democraticamente eleito do Chile) ter sido morto com os criminosos e ilegais bombardeamentos norte-americonas ao palácio presidencial no dia 11 de Setembro de 1973. Essa suposta culpa de Bin-Laden às Torres Gémeas nova-iorquinas foi o Pearl Harbour do novo imperialismo selvagem norte-americona pós colapso da URSS mas, não, o imperialismo bélico norte-americona não teve como alvo a Arábia Saudita, pátria de Bin Laden e de 15 dos 19 supostos autores do ataque de 11 de Setembro. Não, ora essa, não atacaram nem atacariam nunca esse aliadíssimo estado bárbaro e medieval, pois claro que não! Como estado terrorista que é, os EUA e os seus mérdicos estados vassalos europeus, mérdico-Portugal incluído, atacaram, dizimaram e espezinharam o já atolado Afeganistão. E a barbárie NATOniana por lá contínua, 16 anos depois! E depois voltaram a NÃO atacar a bárbara e medieval pátria de Bin Laden, mas sim o Iraque, esse estado inimigo da Arábia Saudita e alvo potencial da al-Qaeda de Bin-Laden, vejam lá o absurdo da situação! Para combater a al-Qaeda, os EUA invadem um país constantemente ameaçado pela al-Qaeda! Puta que pariu estes demónios!

 

A Guerra que você não vê, de John Pilger

 

E, quando a al-Qaeda encena um ataque químico em Khan Shaykhun (ler O ataque químico que NÃO aconteceu em Khan Shaykhun) e acusa a Síria (que não tem armas químicas) de o ter feito, a al-Qaeda pelos vistos também é cool e é uma excelente agência de notícias (falsas) para a RTP, Globo e prostituída companhia se servirem como fonte de aldrabado conteúdo apresentado aos telespectadores como verdades indesmentíveis! Irra! 

 

Tão cool essa al-Qaeda que agora Israel destrói tanques sírios e mata soldados sírios em combate contra essa al-Qaeda e estes filhos da puta de jornalistas vendidos ocidentais não dizem nada, nadinha, nadíssima! Absolutamente nada! Só Ronaldo, e canções da treta, e fogos que já não ardem há dias, e "atentados terroristas" de Londres que não foram sequer terroristas! Ahhh, submissão parva deste portugalinho ao império anglo-saxónico! Andaram estes tugas aparvalhados lamechando a morte de ingleses em Manchester e Londres, e chauvinisticamente ignorando a morte de iranianos e filipinos pelas mesmas razões, para quê? Para agora sabermos, pelos médias/mídias parvo-submissos, que um cidadão português foi morto pela polícia inglesa por excessiva e desnecessária violência! E agora? Continuam parvo-submissos ou revoltar-se-ão? O senhor era cidadão português, mas era preto, portanto a choradeira será pouca, tristemente pouca, racistamente pouco, antecipo eu. 

 

Mas voltando a Israel, já tou a adivinhar a desculpa parva desses terroristas. "Ah, receamos a presença de forças iranianas junto às nossas fronteiras"! Pró caralho! Já estou a ver a nazi lógica de dois pesos, duas medidas. "Com medo da proximidade iraniana", gente que nunca atacou Israel nem nenhum outro país, Israel ataca a Síria "preventivamente" e ajuda de forma escandalosa a organização terrorista da al-Qaeda na Síria. Objectivo: amedrontar iranianos de forma a afastá-los! Pois, lindo! E o direito internacional? E a soberania da Síria? E se fosse ao contrário? Puta de chauvinismo desse "povo escolhido" para aterrorizar os demais. Chauvinismo que nos diz sempre que agressores são bons e vítimas (Israel) e que agredidos (Síria) e pacíficos (Irão) são perigosos, sujos, maus e tresloucados! Irra! Que nojo este ocidente, que nojo esta Europa de merda, que nojo esses terroristas EUA, que nojo essa nazi e criminosa Israel que se acha acima da lei! Irra para tanta estupidez humana!

 

Um bem haja aos restantes, mentes atentas e com empatia suficiente para querer compreender as origens do desnecessário e desesperante sofrimento humano, de humanos como nós, por esse mundo fora!

 

 CONTÍNUA

Luís Garcia, 26.06.2017, Ribamar, Portugal

 

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 1 

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 2

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 2

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 4

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 5

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 6

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 7

leia aqui: Extermínio nuclear, sim por favor! - parte 8

leia mais artigos sobre a Síria aqui

 

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas